Isiara Caruso - escritora - contos, minicontos, poesia, poetrix - Buenos Aires, Porto Alegre

Poesias

Mulher, tal qual



sou verso,
sou prosa,
poesia.
Menina formosa,
mulher madura,
mãe , irmã, avó.
Sou busca, sou estagnação
sou sala cheia,
sou desesperança só,
sou amor, olvido, sou perdão,
sou início, sou meio e fim.
Memória viva, deslembrança,
sou morte e vida
corpo e alma,
beijo que adormece e acalma,
que incendeia e excita,
palavra muda ou dita,
bem e mal
terra
sal.

IsiCaruso

Isiara Caruso
08/03/2016